Tribunal anula parte do plano de recuperação judicial da Odebrecht

Credores dizem que empresa terá que apresentar novo plano


O Tribunal de Justiça de São Paulo anulou nesta quarta-feira, 22, uma das cláusulas do plano de recuperação judicial da Odebrecht, que tratava do pagamento dos credores da holding a partir da geração de caixa das subsidiárias da empresa. Do que subisse à holding, 80% ficaria com os credores e 20% com os acionistas. Os credores só seriam pagos quando o dinheiro das subsidiárias chegasse à holding. Fonte: Veja Clique aqui e saiba mais.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo